sexta-feira, 30 de março de 2012

DETRAN FISCALIZA CONDUTORES DE VEICULOS EM UM TRANSITO CAÓTICO EM SANTA ISABEL

A INOPERÂNCIA DO EXECUTIVO MUNICIPAL E O ABUSO DE PODER E DE AUTORIDADE NO TRÂNSITO



       
Fiscais de Trânsito do DETRAN  fazem blitz em um trânsito totalmente desorganizado e sem sinalização em nossa cidade exigindo regularidades dos condutores, multando-os e apreendendo os seus veículos; muitos  deles instrumento de ganha pão.

Hoje pela manha como de costume  sai em minha motocicleta e logo fui abordado na referida blitz, primeiramente por um agente de transito do município despreparado, muito abusado e grosseiro  e logo em seguida veio um agente do DETRAN exigindo minha Habilitação e o documento do veículo os quais não estavam comigo no momento da abordagem. Conhecedor dos meus direitos disse aos tais que eles poderiam multar, mas não apreenderiam o meu veiculo, pois eles não tinham autorização e permissão para agirem desta forma, então segui viagem. O pior aconteceu depois, quatro motocicletas e duas viaturas da PM vieram atrás de mim, e o comandante dos militares disse-me que eu havia evadido do local e eu precisava ser levado a Delegacia de Policia; expus minha posição e disse a ele que Delegacia era para bandido e não para cidadão de bem! Algum dos militares achara rui e eu percebi que eles tentariam conduzir-me a força, porém, quando um deles me reconheceu chamou o responsável pela guarnição em particular e logo tudo foi amenizado e entendido por parte dos Policiais Militares então foram embora.

Este episódio que ocorrera comigo, levou-me a realizar um ato público com carro som pela principal avenida iniciando na praça do mercado e encerrando na praça da matriz, com o objetivo de dá um recado ao executivo municipal que do jeito que está o transito não pode permanecer, e que há necessidade urgente de organização com sinalizações devidas em todos os cruzamentos nas vias públicas. Pro meu azar o carro som que eu providenciei para evento não estava regularizado e foi recolhido e entregue ao proprietário; a população que estava me apoiando  queria impedir o carro ser guinchado; eu achei por bem deixá-lo ir para não sermos enquadrados como excitadores e perdermos a razão.

Em breve farei outro ato bem maior com um mega trio, este devidamente regularizado

terça-feira, 27 de março de 2012

Govoreno Federal repassa mais dinheiro para as Prefeituras

COFRES ABARROTADOS: : Repasse do FPM cresce 24% no mês de março.

Os cofres das prefeituras estão cheios neste mês de março. O repasse do segundo decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) será creditado hoje. O valor do repasse líquido é de R$ 399 milhões e descontado a retenção do Fundo Nacional da Educação Básica (Fundeb), será de R$ 319 milhões.

O presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, destaca que o valor desse repasse é R$ 25,7 milhões maior do que o estimado pela Receita Federal no último dia 10. Em termos percentuais a diferença do estimado para o que foi efetivamente realizado é de 6,9%.

Com base no valor dos repasses, o presidente da CNM informa que este segundo repasse do mês de março em comparação com o mesmo período do ano passado, teve um crescimento de 29,4%. “O acumulado do ano de 2012 até o segundo decêndio é de R$ 15,3 bilhões, e comparado com o mesmo período do ano passado, o fundo apresenta crescimento de 6,6%”, explica.

Se a previsão da Receita Federal do Brasil (RFB) para o terceiro decêndio se concretizar, o acumulado do repasse em valores brutos nominais será de R$ 4,4 bilhões, e 10,1% maior do que comparado com o mesmo período de 2011.

Se a previsão da RFB do mês de abril estiver correta, será registrado um crescimento de 43% maior do que o mês de março, ou seja, R$ 6,2 bilhões. E para o mês de maio a previsão é de crescimento de 13% em relação a abril. Em valores isso corresponde a R$ 7,1 bilhões.

Fonte: Click Picui com JP Online




http://freimartinhoonline.blogspot.com.br/2012/03/cofres-abarrotados-repasse-do-fpm.html


O crime que pode ser praticado!


É Brasil, é Pará, é Santa Isabel !

domingo, 25 de março de 2012

Minhas orações.



Peço a Deus em minhas orações que conceda a cura de minha prima que foi transferida urgente para capital com suspeita de Dengue hemorrágica.

Que Deus abençoe a família do meu Tio Lauro Brito

A conseqüência negativa da inoperância do Poder Público

Saúde publica:
- Falta de profissionais e medicamentos nos postos de saúde;
- Proliferação da dengue;
- Ausência de um pronto socorro municipal;
- Ausência de um Hospital Público;
- Falta de campanhas preventivas;

Enquanto o incompetente do Gestor Público Municipal se preocupa apenas com suas estratégias de campanha impudico, o município vai se arrastando e povo sofrendo as conseqüências.



Cada dia que passa tudo vai se agravando intensamente.

Se a prevenção que é o melhor método e mais barato não é feito imaginem a cura dos problemas que é mais complicado e vinte vezes mais oneroso!













A dengue mata mesmo!

Dengue Hemorrágica



1. Qual é a diferença entre a dengue clássica e a hemorrágica?A clássica é mais branda do que a hemorrágica, que pode até causar a morte do doente.
2. As pessoas que já tiveram dengue uma vez podem desenvolver o tipo hemorrágico?
Sim. Qualquer um dos 4 sorotipos da dengue pode causar dengue hemorrágica. A probabilidade de manifestações hemorrágicas é menor em pessoas infectada pela primeira vez, portanto pessoas que contraem dengue mais de uma vez apresentam maior chance de complicações do quadro clínico, incluindo manifestações hemorrágicas.
3. Por que ela é mais perigosa?
Porque, como o próprio nome diz, causa hemorragia e pode levar à morte.
4. Que tipo de exame identifica a dengue hemorrágica?
Há três exames que podem ser utilizados: a prova do laço, a contagem das plaquetas e a contagem dos glóbulos vermelhos. A prova do laço é um exame de consultório, com uma borrachinha o médico prende a circulação do braço e vê se há pontos vermelhos sob a pele, que indicariam a doença. Os outros testes são feitos por meio de uma amostra de sangue em laboratório.
5. Quais são os sintomas da versão hemorrágica?
A dengue hemorrágica se manifesta de três a cinco dias depois da clássica. A febre reaparece após ter cessado, causando suor, deixando a pele esbranquiçada e as extremidades frias. É comum dor de garganta, queda de pressão, dores no estômago e abaixo das costelas. As hemorragias ocorrem em pequena quantidade. Quando a doença fica ainda mais grave o fígado fica mole e doloroso. As cólicas abdominais e a hemorragia aumentam, atingindo o tubo digestivo e os pulmões.
6. Qual é o tratamento?
Neste caso, a recomendação é aplicação de soro e plasma. Em certos casos há a necessidade de transfusão de sangue.
7. O mesmo mosquito que transmite dengue clássica pode transmitir a hemorrágica?
Sim.
8. Qual a taxa de mortos entre os contaminados?De acordo com as estatísticas a chance de morte no caso da primeira manifestação da dengue clássica é zero. Na dengue hemorrágica a taxa é de aproximadamente 3%.
» topo

Precauções com o mosquito

1. O mosquito infectado pode picar e mesmo assim não transmitir a doença?
Sim, de 20% a 50% das pessoas não desenvolvem a doença.
2. Por que algumas pessoas são picadas, mas não ficam doentes?
Por características do sistema imunológico de cada um.
3. É verdade que o mosquito não pica à noite?
A fêmea do Aedes tem hábitos diurnos, não costuma picar à noite.
4. Que outros hábitos o Aedes tem?O mosquito fica onde o homem estiver, e prefere picá-lo a qualquer outra espécie e também gosta de água acumulada para colocar seus ovos.
5. É verdade que o mosquito se reproduz mais rápido no calor? Por quê?
Sim. No calor, o período reprodutivo do mosquito fica mais curto e ele se reproduz com maior velocidade. Isto explica o aumento de casos de dengue no verão.
6. Por que só a fêmea do Aedes aegypti pica?As fêmeas picam depois do acasalamento porque necessitam do sangue que contem proteínas necessárias para que os ovos se desenvolvam.
7. Quanto tempo vive o Aedes?
A fêmea do Aedes vive cerca de 30 a 45 dias e, nesse período, pode contaminar até 300 pessoas.
8. Quantos ovos um mosquito coloca durante sua vida?
Até 450. Descobriu-se que existe a transmissão transovariana, ou seja, que a fêmea, se estiver contaminada, inocula o vírus nos ovos e os mosquitos já nascem com ele. Isso multiplica as chances de propagação.
9. Por que a água acumulada é tão perigosa?
Porque a fêmea deposita seus ovos em locais com água acumulada.
10. Água de piscinas é uma ameaça?
Não se estiver recebendo o tratamento adequado com aplicação de cloro em quantidade correta. Caso contrário será um criadouro de mosquitos.
11. Adianta só tirar a água dos pratinhos que ficam sob os vasos?
Não. Os ovos ficam aderidos às laterais internas dos pratos ou ainda nas laterais externas dos vasos. O ideal é optar por pratos que fiquem bem justos ao vaso e lavá-los com água e sabão, utilizando uma bucha para retirada de possíveis ovos.
12. Ovos ressecados do Aedes também são perigosos?
Sim. Mesmo ressecados, os ovos são perigosos. Eles sobrevivem até 1 (um) ano sem água e, se neste período entrar em contato com água, o ciclo evolutivo recomeça.
12. O repelente funciona? Quantas vezes deve ser aplicado por dia?
Os repelentes possuem ação limitada e não eliminam o mosquito, apenas o mantém distante.
13. O uso de inseticida contra o Aedes pode torná-lo imune ao produto químico utilizado?
Sim, pode.
14. Velas e incensos ajudam a espantar o Aedes?
Velas de citronela ou andiroba têm efeito paliativo. Isto porque o raio de alcance e a duração são restritos.
15. A solução de água sanitária com água limpa nas plantas é eficiente?Não, é necessário substituir bromélias e outras plantas que acumulem água por aquelas que não acumulem água em suas folhas.
16. Aplicar borra de café na água das plantas e sobre a terra ajuda a combater o Aedes?
A eficácia da borra de café na dosagem de duas colheres de sopa para meio copo de água não foi comprovada e a sua utilização não simplifica os cuidados atualmente recomendados que são: a eliminação dos pratos ou a utilização de pratos justos aos vasos, a colocação de areia até as bordas dos pratos ou eliminar a água e lavar os pratos com bucha e sabão semanalmente.
17. Mosquitos podem ser transportados em carros, aviões ou navios?
Sim, desde que haja condições adequadas no meio de transporte.
18. Quanto tempo eles sobreviveriam numa viagem dessas?
Cerca de 10 ou 12 horas nas condições ideais.
19. Qual é a autonomia de vôo do mosquito?O Aedes costuma circular num raio de 50 a 100 metros de distância do local de nascimento.
20. A borrifação de inseticidas mata os ovos ou apenas os mosquitos adultos?
Apenas os mosquitos adultos. Por isso, a borrifação de inseticidas só é eficaz no caso de surtos ou epidemias. Para matar os mosquitos é preciso acabar com os ovos. Caso contrário, outros mosquitos nascerão.
21. Quais são as condições ideais para o mosquito procriar e agir?
A temperatura que o mosquito gosta é de 26 a 28 graus. Qualquer temperatura inferior a 18 graus o torna inoperante. Com 42 graus, ele morre.
22. Como a pessoa infectada transmite o vírus para o mosquito?Durante seis dias ela pode transmitir o vírus para o mosquito. Um dia antes de começar a sentir os sintomas e nos cinco primeiros dias de sintoma. Depois disso, não infecta mais o mosquito.
Fonte:
Ministério da Saúde
CIVES: Centro de Informação dos viajantes – UFRJ
Manual OPAS 1978 – Informe Oficial



Leia mais: http://www.combateadengue.com.br/perguntas-frequentes/#ixzz1q9pToRYV

quinta-feira, 22 de março de 2012

Dia Mundial da Água

História do Dia Mundial da Água, 22 de março, Declaração Universal dos Direitos da Água, sugestões de preservação, frases
dia mundial da água
História do Dia Mundial da Água
O Dia Mundial da Água foi criado pela ONU (Organização das Nações Unidas) no dia 22 de março de 1992. O dia 22 de março, de cada ano, é destinado a discussão sobre os diversos temas relacionadas a este importante bem natural.
Mas porque a ONU se preocupou com a água se sabemos que dois terços do planeta Terra é formado por este precioso líquido? A razão é que pouca quantidade, cerca de 0,008 %, do total da água do nosso planeta é potável (própria para o consumo). E como sabemos, grande parte das fontes desta água (rios, lagos e represas) esta sendo contaminada, poluída e degradada pela ação predatória do homem. Esta situação é preocupante, pois poderá faltar, num futuro próximo, água para o consumo de grande parte da população mundial. Pensando nisso, foi instituído o Dia Mundial da Água, cujo objetivo principal é criar um momento de reflexão, análise, conscientização e elaboração de medidas práticas para resolver tal problema.

No dia 22 de março de 1992, a ONU também divulgou um importante documento: a “Declaração Universal dos Direitos da Água” (leia abaixo). Este texto apresenta uma série de medidas, sugestões e informações que servem para despertar a consciência ecológica da população e dos governantes para a questão da água.

Mas como devemos comemorar esta importante data? Não só neste dia, mas também nos outros 364 dias do ano, precisamos tomar atitudes em nosso dia-a-dia que colaborem para a preservação e economia deste bem natural. Sugestões não faltam: não jogar lixo nos rios e lagos; economizar água nas atividades cotidianas (banho, escovação de dentes, lavagem de louças etc); reutilizar a água em diversas situações; respeitar as regiões de mananciais e divulgar idéias ecológicas para amigos, parentes e outras pessoas.

Declaração Universal dos Direitos da Água
Art. 1º - A água faz parte do patrimônio do planeta.Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos.

Art. 2º - A água é a seiva do nosso planeta.Ela é a condição essencial de vida de todo ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito à água é um dos direitos fundamentais do ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado do Art. 3 º da Declaração dos Direitos do Homem.

Art. 3º - Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e parcimônia.

Art. 4º - O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende, em particular, da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam.

Art. 5º - A água não é somente uma herança dos nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores. Sua proteção constitui uma necessidade vital, assim como uma obrigação moral do homem para com as gerações presentes e futuras.

Art. 6º - A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo.

Art. 7º - A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente disponíveis.

Art. 8º - A utilização da água implica no respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo homem nem pelo Estado.

Art. 9º - A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social.

Art. 10º - O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra. 
Frases sobre o Dia Mundial da Água:
- Água é vida. Vamos usar com inteligência para que ela nunca falte.
- O futuro de nosso planeta depende da forma com que usamos a água hoje.
- Todo dia é dia de água, pois ela está presente em tudo e em todos.
- O Dia Mundial da Água não é só para pensar, mas principalmente para agir: vamos usar este recurso natural com sabedoria para que ele nunca acabe.
- Sem a água não haveria vida na Terra! Pense nisso neste Dia Mundial da Água.

Fonte:http://www.suapesquisa.com/datascomemorativas/dia_mundial_da_agua.htm

Do blog do Diego Sousa

Jardim Florest'água!


O Jardim Florestal bairro localizado as margens da rodovia PA-140 em nosso município, tem sofrido constantemente com o abandono e o descaso do Poder Executivo Municipal, mas quando resolve dar as caras o poder executivo invês de ajudar acaba complicando ainda mais a vida da população que lá reside, o maior exemplo disso foi a meladeira que eles fizeram tentando dar uma resposta as constantes reclamações dos moradores do bairro, o problema é que depois que a lama secou e as ruas ficaram mais ou menos transitáveis o serviço de porco que eles efeturam apareceu, acontece que simplesmente eles "estragularam" as valas e a água fez o bairro parecer um igarapé, pois não tinha para onde escoar, vejam:
 
É o que sempre nós da blogosfera alertamos:  Se é pra fazer façam bem feito! Mas nunca somos escutados, a população não é escutada e os apelos para o Prefeito de nada importam, pois os serviços realizados pela prefeitura sempre são de péssimo acabamento e o dinheiro público sempre vai "POR ÁGUA ABAIXO"!.

Vou dizer pro meu amigo Alex pra ele trabalhar num Barco-Táxi acho que ele vai garantir uma grana, já pensaram cada travessia dois conto!
 
Comentário:
 
Esta é a triste realidade que se encontra nossa cidade.
 

quarta-feira, 21 de março de 2012

Conviite


O PSC convoca os pré-candidatos e candidatas a vereadores  para uma reunião no dia 04/04 - quarta feira na residência do presidente do partido o Sr Jaime Brito.

Pauta da reunião:

- Eleições majoritária e proporcionais deste pleito de 2012;
- Formação política dos pré-candidatos;
- Discutir a data do pré-lançamento de campanha;
- Ampliação da coordenação de campanha.





terça-feira, 20 de março de 2012

Dicas para estudantes.


AS DICAS DE CADA DISCIPLINA



 

 

 

VESTIBULAR

O Mundo Vestibular preparou artigos, matérias e aulas completas para prepará-lo para o vestibular das melhores e mais concorridas faculdades. Divdidos em tópicos detalhados, contendo todo conteúdo programátco exigido pelo vestibular, o aluno poderá através do site preparar-e para o vestibular.

Clique nas matérias abaixo para acessar o conteúdo exclusivo para a preparação para o vestibular de cada matéria.

VESTIBULAR



Confira todo conteúdo programático de português para o vestibular. Ortografia, gramática, análise de textos e muito mais. Estude com as aulas de português on-line, faça os exercícios, tire suas dúvidas e prepare-se para o vestibular.

clique aqui para acessar as aulas de português para o vestibular
Conteúdo completo de matemática para o vestibular. Conjuntos Numéricos Teoria dos Conjuntos, Aritmética, Grandezas,Expressões Numéricas, Equações e Inequações, Fatoração e Produtos Notáveis, Médias Potenciação e Radiciação, Relações e Funções, Tipos de Função, Função Exponencial e Logarítmica, Progressões Aritméticas e Geométricas , Análise Combinatória, Números Complexos, Binômio de Newton, Probabilidade, Matrizes Noções de Lógica, Trigonometria, Polinômios, Equações Algébricas, Geometria Analítica, Geometria Espacial, Geometria Plana e muito mais.

clique aqui para acessar as aulas de matemática para o vestibular


Conteúdo completo de biologia para o vestibular. Citologia, Citoplasma, Membrana Plasmática, Orgânulos Celulares, Divisão Celular, Núcleo, Organização Estrutural dos Seres Vivos, Reinos: Monera, Protista, Fungos e Vegetal, Anatomia, Fisiologia, Filos, Embriologia Animal, Histologia Animal, Simulados, exercícios, aulas on-line e muito mais sobre biologia para o vestibular.

clique aqui para acessar as aulas de biologia para o vestibular



Termologia, Eletricidade, Corrente Elétrica, Eletrostática, Magnetismo, Mecânica, Cinemática, Dinâmica, exercícios resolvidos, simulados de física, aulas completas, dicas dos professores e muito mais para prepará-lo para a prova de física do vestibular.

clique aqui para acessar as aulas de física para o vestibular



Estrutura do Átomo, Ligações Químicas, Configuração eletrônica, Classificação das cadeias carbônicas, Funções, Isomeria, Reações Orgânicas, Constante de equilíbrio, Deslocamento de equilíbrio, Constante de ionização, pH e pOH, Mol, Fórmulas Quantitativas, Cálculo estequiométrico, Soluções, Misturas, Ácidos e Base, Sais, Óxidos, Entalpia- Calor de reação, Tabela Periódica e todo conteúdo copleto que química para o vestibular.

clique aqui para acessar as aulas de química para o vestibular



História Geral,Antiguidade Oriental, Antiguidade Clássica, Alta Idade Média, Baixa Idade Média, Época Moderna, O Antigo Regime Europeu, A Crise do Antigo Regime, Mundo Contemporâneo, Revolução Francesa, Século XIX, Século XX, História do Brasil, aulas on-line, dicas dos professores e todo conteúdo completo de história para o vestibular.

clique aqui para acessar as aulas de história para o vestibular



Geografia do Brasil, Geografia geral, hidrografia, mapas, África, América do Norte, América Central, América do Sul, Ásia, Geopolítica, Geografia Física, Produção e Consumo de Energia e Minerais Metálicos, Industrialização Brasileira, Urbanização Brasileira, Agropecuária, Questões Ambientais e todo conteúdo de geografia para o vestibular.



 

domingo, 18 de março de 2012

Fique por dentro!

A Dívida Externa Brasileira

Introdução

Durante a última semana a imprensa emudeceu frente a organização do plebiscito em relação à dívida externa. O pouco espaço dedicado à questão foi ocupado por entrevistas do ministro Pedro Malan, para defender a posição neoliberal do governo ou por editoriais que iniciam-se chamando a idéia de "calote".

O Jornal Opinião da década de 70


Uma Questão de Cidadania

Em momento algum a grande imprensa e aqueles que são contrários ao "calote" se preocuparam em falar sobre todos os calotes que foram dados na sociedade brasileira, quando, ao longo de mais de um século, o endividamento serviu para sustentar uma elite parasitária e criar uma economia subserviente ao capital internacional e ao F.M.I..
Em momento algum a imprensa e os governantes preocuparam-se em defender a realização de um grande debate nacional, para que a sociedade que paga os empréstimos tenha consciência de sua origem e dos "benefícios" que trouxe à ela; percebem que qualquer movimento de discussão desse assunto representa um questionamento à política em andamento, assim como também percebem que qualquer discussão que possa envolver a sociedade como um todo, não interessa a essa minoria.
A proposta da realização do plebiscito representa um grande avanço, exatamente por que pode envolver toda a sociedade num grande debate, que na verdade é muito maior do que a discussão da Dívida Externa, trata-se de discutir a cidadania. Independentemente da importância do tema, a participação da sociedade é que está em jogo e nesse sentido fica patente o que as elites pensam da cidadania: a ação do homem no sentido de respeitar as leis do Estado e em hipótese alguma participar, discutir, opinar.
Ninguém é ingênuo em acreditar que o Plebiscito que ocorre nesse momento vá definir o encaminhamento da questão da dívida, porém cria um debate em toda a sociedade

Origem da Dívida

A Dívida Externa adquiriu proporções astronômicas durante o regime militar (1964-85), no entanto sua origem remonta à Independência do país, no século XIX.
O primeiro empréstimo externo do Brasil foi obtido em 1824, no valor de 3 milhões de libras esterlinas e ficou conhecido como "empréstimo português", destinado a cobrir dívidas do período colonial e que na prática significava um pagamento à Portugal pelo reconhecimento de nossa independência. A independência não alterou as estruturas sócio econômicas e restringiu-se a um movimento político muito limitado, mantendo o regime monárquico e o herdeiro português no trono, aliado aos latifundiários conservadores sob o comando de José Bonifácio. A aceitação do pagamento da indenização está ligada aos vínculos mantidos com Portugal e ao mesmo tempo aos interesses ingleses, que somente reconheceu nossa soberania após o acordo com Portugal.
Em 1829 foi realizado novo empréstimo que passou para a história como "o ruinoso" e serviu para cobrir parcelas não pagas do empréstimo anterior. Do total tomado emprestado, o Brasil recebeu apenas 52%, pois o restante serviu para cobrir os juros da dívida anterior.
Dois novos empréstimos importantes foram realizados durante o Império -- em 1843 e 1852 -- utilizados ainda para pagar débitos relativos ao primeiro empréstimo, que somente foi saldado em 1890.
Durante esse período o Brasil ainda endividou-se ainda mais com a Guerra contra o Paraguai. A Inglaterra forneceu os navios e empréstimos ao Brasil para o conflito que também interessava à ela.

A Primeira República

Durante a república do "café com leite" o endividamento aumentou ainda mais, porém a idéia central ainda era a mesma, garantir os privilégios da elite. O presidente Campos Salles, eleito em 1898, viajou à Inglaterra antes mesmo da posse, para renegociar a dívida com os banqueiros Rotshild, e firmou um acordo que ficou conhecido como "Funding Loan", que suspendia o pagamento por um período de 13 anos, sendo que o pagamento dos juros seria realizado em 3 anos, em títulos da dívida pública e obtinha um novo empréstimo. Como garantia do cumprimento do acordo, as rendas das alfândegas brasileiras ficaram hipotecadas aos credores ingleses.
Novo endividamento surgiu em 1906, representando o início da "Política de Valorização do Café". Neste ano, foi assinado o Convênio de Taubaté, entre os governadores de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, que, a partir de empréstimos tomados no exterior, comprariam e estocariam o excedente da produção de café. A valorização, como outras políticas protecionistas, resolvia o problema imediato da burguesia paulista e mantinha o nível de emprego nos setores da economia vinculados ao café, porém prejudicava a maioria da sociedade, na medida em que setores essenciais eram relegados a segundo plano em termos de investimento, além de promover a desvalorização da moeda, originando um processo que ficou conhecido como "socialização das perdas", quer dizer, a maioria da sociedade pagava pela política que beneficiava a minoria.
Os governos do período continuaram a realizar empréstimos que beneficiavam a elite cafeeira, contrastando com a situação de crise nas exportações durante a Primeira Guerra Mundial e posteriormente, na metade da década de 20.


Com a crise iniciada nos EUA afetando a economia do país, o pagamento da dívida foi suspenso em 1931 por decisão unilateral do Brasil. Em 1934 a Assembléia Nacional Constituinte passou a investigar o endividamento brasileiro, que chegava a 237 milhões de libras esterlinas e já estava documentado de forma detalhada pelo ministro Oswaldo Aranha. O ministro não era um crítico dos empréstimos do exterior, nem defendia o não-pagamento da dívida. Depois de viver por alguns anos nos EUA, defendia um estreitamento das relações do Brasil com aquele país, em detrimento dos interesses ingleses, então nossos maiores credores. Condenava apenas a forma pela qual os empréstimos tinham sido aproveitados -- não em obras públicas, como achava que deveria Ter ocorrido. Pensava ainda que o país deveria parar de tomar emprestado para pagar empréstimos e deveria pagar com seus próprios recursos. O ministro destacava a característica básica do endividamento: "foram feitos uns para pagar os outros, em parte ou no todo, refundindo-se em novos empréstimos".

As Últimas Décadas

Apesar da ausência de empréstimos externos e das condições desfavoráveis do comércio exterior, nos anos 30 a economia brasileira se expandiu em ritmo maior que na década de 20, "época de maciço ingresso de capital externo.
No período posterior ao golpe militar os empréstimos voltam a aumentar substancialmente, devido a política econômica desenvolvida então, particularmente no período que ficou conhecido como "milagre econômico", quando a indústria brasileira cresceu a taxas elevadíssimas graças ao ingresso maciço de capitais estrangeiros, fazendo com que a dívida saltasse de 4 para 12 bilhões de dólares.
O endividamento pós 64 tem dois estágios. O primeiro é o dos governos
Costa e Silva e Médici, nos anos 68-73, do "milagre econômico". Nesse período, os empréstimos foram usados para, ao cabo de tudo, realizar ar operações de crédito na compra de geladeiras, secadores de cabelo, automóveis e outros bens supérfluos e também para financiar ar grandes obras urbanas e serviços que viabilizaram a existência dos automóveis e das geladeiras, tais como estradar, viadutos e redes de energia elétrica.
No final de 1983, em depoimento na CPI da Dívida Externa, Celso Furtado, economista que fora ministro do Planejamento antes do golpe, mostrou como o Brasil pòs-64, graças a mudanças de política financeira e cambial -
nas regras de conversão do dólar em cruzeiros -, acabou na prática pagando, através do Banco Central, para os capitais estrangeiros, parte do preço de automóveis c secadores de cabelo, comprados a crédito obtido por dólares emprestados.
A Segunda fase do endividamento começa no governo do general Ernesto Geisel (1974-79). A partir de 74, a indústria de bens de consumo duráveis, com a produção de automóveis à frente, começa a encalhar, em grande parte devido a crise mundial do petróleo, que repercute na elevação nas taxas de juros, que somadas aos gastos dos grandes projetos de geração de energia.
Em 1982 temos o ano da falência declarada do modelo brasileiro de desenvolvimento e o país recorre ao FMI e ao final do governo Figueiredo, que encerra a ditadura militar, a dívida externa chegava a casa de 100 bilhões de dólares.
A Dívida atual alcança a casa dos 231 bilhões de dólares.

Veja material usado na campanha do Plebiscito
Arquivo em formato PowerPoint
 

A culpa de quem é?

Por muito tempo o eleitor foi considerado o centro do sistema político. E continua sendo, se não enganado de maneira correta. No PQP, porém, os assessores políticos, Égua e Rôla, ensinam que a mentira pode mudar os do centro. O segredo da política vencedora é o uso do baixa renda (eleitor) em benefício do interesse dos corruptos do PQP, que são a elite da bandidagem.

Égua disse que é preciso implantar a fórmula de gestão da Escola Técnica Estadual de Sinop em todas as escolas de MT, para barrar o surgimento de mais eleitores inteligentes. Ele disse que se orgulha daquela gestão e quando a diretora diz um disaforo aos presos economicamente ao sistema, ele acha o máximo. O eleitor  alienado  e trabalhando para a diretora, é tudo que o PQP quer
Fonte:http://chicodeoliveira.blogspot.com.br/2011/02/mama-na-egua-diz-para-os-politico-do.html
Comentário:

 
Observação interessante!

Eleitor alienado não se refere apenas aos pobres e analfabetos! Tem muita gente bem informada e culta que vendem seus ideais e jogam suas bandeiras na lama.

sábado, 17 de março de 2012

Vale apena ler!

Eu sei!

Nas duas postagens a baixo os textos são muito longos!

Recomendo que leiam todos.

Se lerem e crerem! Suas vidas não serão mais as mesmas.



No final tem um vídeo, não deixem de assistir!

O diabo é o pai da mentira (João 8:44)

Resistir

Apesar de Satanás ter sido derrotado pelo Senhor Jesus, e a sua derrota ter sido lançada à nossa conta, ele ainda tem condições de oprimir o ser humano, mesmo que este tenha nascido de novo.

É certo que quem aceita Jesus como Salvador recebe o poder de se tornar filho de Deus e passa a ter direitos e privilégios em Cristo. Mas, enquanto estivermos aqui neste mundo, ainda seremos suscetíveis às tentações do maligno.

Deve, porém, ficar bem claro que o diabo não pode a seu bel-prazer investir contra qualquer dos filhos de Deus e oprimi-los. Ele pode tentar, e se o cristão não lhe resistir, ele, então, terá condições de prosseguir sua obra.

É preciso que se diga que existem limitações às operações do inimigo. Há como uma escala a ser percorrida para que ele consuma a sua obra. A Bíblia nos adverte de que a maldição sem causa não se cumpre.

Resistir ao diabo é um mandamento. Compete a todo filho de Deus barrar-lhe a ação, exigir a sua saída e proibi-lo de lhe tentar. Foi assim que o Senhor Jesus fez com o diabo, lá no deserto.

No plano do Senhor não há imperfeições. Se Ele nos informa que compete a nós resistir ao diabo, podemos estar certos de que a arma de tal resistência nos foi dada. Ela é a Palavra de Deus.

Quando resistir? Toda vez que o inimigo vier nos atacar.

Oro para que você a partir de hoje não dê ao maligno a mínima chance de oprimi-lo. Seja, em Cristo, mais que vencedor.

NEle,
R.R. Soares

Dica: passe o mouse sobre os links laranjas para ler as Passagens Bíblicas!
O ministério pessoal do Senhor Jesus se dividia em três fases distintas: ensinamento, pregação e manifestação do poder de Deus.

Examinando os relatos bíblicos, vemos que a parte de ensinamentos era a mais usada pelo Senhor. Pode-se perguntar se não reside aqui a diferença entre o nosso ministério e o do Senhor? Ou o que explica os resultados que Ele obtinha? Não disse Ele que os que nEle cressem fariam as mesmas obras que Ele fazia e outras maiores ainda fariam?

Quando o Senhor Jesus começava a ensinar, o povo se maravilhava. Nas Suas reuniões todos os tipos de milagres e de transformações ocorriam, pelo simples fato de o Senhor abrir as Escrituras e mostrar a Verdade ao povo. Hoje, em qualquer lugar em que alguém consegue abrir os olhos do povo para o que a Bíblia fala, também ocorre uma avalanche de milagres.


RESTRIÇÕES ÀS ATIVIDADES DO DIABO

Apesar de sabermos que o diabo está mais do que nunca realizando a sua obra de destruir a humanidade, temos que ter o cuidado para não exagerar creditando a ele uma capacidade maior do que, na verdade, possui. É preciso que se saiba que existem restrições às suas operações. Ele não pode sair por aí destruindo a quem quiser. A Bíblia diz que naquele que é nascido de novo ele não pode tocar:

Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca (1 Jo 5.18).

Antes do Senhor Jesus ter derrotado o diabo, o inimigo agia aqui no mundo como se fosse o dono do nosso planeta. Mas, com a morte de Cristo, o diabo perdeu o domínio sobre a raça humana, e foi expulso desta terra:

Agora é o juízo deste mundo: agora será expulso o príncipe deste mundo (Jo 12.31).

Até mesmo antes da vinda de Jesus, quando, ainda, o diabo agia como príncipe deste mundo, ele tinha que obter permissão para atacar o povo de Deus, como por exemplo:

I - O caso de Jó: E vindo um dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também Satanás entre eles... E disse o Senhor a Satanás: Eis que tudo quanto tem está na tua mão, somente contra ele não estendas a tua mão. E Satanás saiu da presença do Senhor (Jó 1.6,12).

II - Na tentação sofrida pelo Senhor no deserto. O próprio Espírito de Deus levou o Mestre àquele lugar para que fosse tentado pelo diabo: Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo (Mt 4.1).

Ill - Chegando a hora da Sua crucificação, o Senhor Jesus informou a Pedro que o diabo havia feito um pedido para o cirandar (passar pela ciranda, peneirar):

Disse também o Senhor: Simão, Simão, eis que Satanás vos pediu para vos cirandar como trigo. Mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos (Lc 22.31-32).

Todos esses casos ocorreram antes de o diabo ter sido despojado do seu poder. Hoje, em hipótese alguma, ele terá condições de nos oprimir, a menos que o nosso Deus o permita. Quanto a tirar-nos das mãos de Jesus, jamais conseguirá:

E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão. Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai (Jo 10.28,29).

Não devemos temer, diante de qualquer tentação que o diabo venha a nos trazer, nem sequer ficar desesperados; mas resistir, firmes na fé, usando o Nome de Jesus:

Ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo (1 Pé 5.9).

Quanto à razão de o Senhor nos fazer passar por várias tentações, podemos estar certos de que Ele o faz para o nosso próprio bem. E, ao invés de nos chatearmos com elas, devemos nos encorajar no Senhor, pois Ele é fiel e não permitirá que sejamos tentados além das nossas forças:

Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que vos não deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar (1 Co 10.13).


RESISTIR - UM MANDAMENTO

Não importa como e onde o inimigo esteja nos tentando, a Palavra de Deus nos manda resistir:

A ordem dada em Tiago 4.7 é clara: ...Resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Por esta ordem vemos que somos os responsáveis pelo sucesso ou pela derrota de nossa vida. Se resistirmos ele não somente irá embora, ele fugirá.

É oportuno lembrar que temos que resistir a todo e qualquer ataque do inimigo. Não basta resistir só aos grandes ataques, pois muitas vezes o problema começa bem pequeno e, se não for destruíste, causa um grande estrago.

...As raposinhas que fazem mal às vinhas (Ct 2.15).

Outro fato que não devemos nunca esquecer é que o diabo não deixa de nos tentar por sermos de Jesus. Apesar de saber que somos território divino, ele continua lutando para roubar, matar e destruir as nossas vidas. Enquanto não assumirmos a nossa posição de vencedores em Cristo, ele continuará tentando nos destruir.

Resistir ao diabo é simples. Basta que a todo ataque, quer seja sintoma de doença, pensamento negativo, desejo de cometer algum pecado - tudo isto são tentações -, você destemidamente não aceite, e repreenda o mal, exigindo que ele cesse de lhe perturbar e saia de sua vida.


RESISTIR COM O QUÊ?

Não há melhor exemplo de como se deve resistir ao diabo do que aquele dado pelo Senhor, lá no deserto, quando o diabo O tentou; o relato completo se encontra em Mateus cap. 4.1-11.

l - O diabo se aproximou de Jesus e disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães.

O Senhor respondeu, dizendo: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus.

II- O diabo levou Jesus até a cidade santa, colocou-o no pináculo do templo, e disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te daqui abaixo; porque está escrito: Aos seus anjos dará ordens a teu respeito, e tomar-te-ão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra.

O Senhor volta a responder, dizendo: Também está escrito: Não tentarás o Senhor, teu Deus.

Ill - Levou-o ainda o diabo a um monte muito alto, mostrou-lhe todos os reinos do mundo e a glória deles, e disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares.

Fonte:http://ongrace.com/cursofe/licoes.php?id=7

A Humildade

Uzias tinha somente 16 anos quando seu pai foi assassinado e ele subitamente se tornou rei de Judá, no oitavo século antes de Cristo. A história de seu reinado, que é registrada em 2 Crônicas 26, ensina uma lição poderosa sobre a importância da humildade. Uzias começou bem. Ele respeitava o Senhor e sua palavra, e Deus o abençoou abundantemente. O reino se expandiu e o rei fiel conseguiu dominar seus inimigos de todos os lados. Sua reputação se espalhou a outros países. Uzias se fortaleceu.
Então, tudo mudou. "Mas, havendo-se já fortificado, exaltou-se o seu coração para a sua própria ruína, e cometeu transgressões contra o Senhor, seu Deus, porque entrou no templo do Senhor para queimar incenso no altar do incenso" (2 Crônicas 26:16). Uzias era um homem especialmente escolhido por Deus para conduzir seu povo. Durante muitos anos, Uzias serviu o Senhor fielmente. Porém não estava autorizado a entrar no templo para queimar incenso. Esse papel estava reservado para outros homens escolhidos por Deus, os sacerdotes, que serviam no templo. Uzias, não estando mais contente com o desempenho do papel que Deus lhe havia dado, tentou assumir uma função extra e foi fortemente repreendido por seu erro.
O sacerdote Azarias e 80 outros sacerdotes seguiram Uzias até o templo e desafiaram seu ato presunçoso. Uzias enraiveceu-se e Deus respondeu imediatamente ao seu erro. O rei ficou leproso ali mesmo no templo diante dos olhos dos sacerdotes. Eles imediatamente o atiraram fora do templo, e Uzias correu da casa de Deus, percebendo que o Senhor tinha punido sua arrogância. Seu filho assumiu os negócios do Estado e deixou o leproso Uzias isolado em sua casa pelo resto de sua vida. A vida abençoada de um grande homem foi arruinada por um ato de desobediência. Uzias, como o primeiro rei de Israel (veja Samuel 15:17-23), foi derrubado por seu próprio orgulho.
Humildade:
Fundamental para nossa comunhão com Deus

Quando Jesus pregou o sermão que define o caráter do verdadeiro discípulo, suas palavras iniciais foram diretas ao coração: "Bem aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus" (Mateus 5:3). Ele continuou a pregar durante mais três capítulos, mas muitos ouvintes não o ouviram porque nunca passaram da linha de partida. Mesmo hoje, a maior parte da mensagem do evangelho cai em ouvidos surdos de homens e mulheres arrogantes que não querem mesmo reconhecer a posição de Jesus como Senhor.
Mas Jesus não reduziu os padrões. Ele não abriu uma porta extra para entrarem os arrogantes ou os "quase" humildes. Ele manteve intacto o seu requisito fundamental porque ele reflete a exigência eterna de Deus. Deus nunca aceitou o homem cheio de orgulho que pensava fazer as coisas a seu próprio modo. Ao contrário de toda a sabedoria dos homens carnais, tendentes a adquirir poder e posição, Deus aceita exclusivamente os humildes. Uma geração depois de Uzias, o profeta Miquéias pegou perfeitamente a idéia quando ele citou as palavras de Deus: "Ele te declarou, ó homem, o que é bom e o que é que o Senhor pede de ti: que pratiques a justiça, e ames a misericórdia, e andes humildemente com o teu Deus" (Miquéias 6:8). As Escrituras deixam perfeitamente claro que não há  outra maneira de caminhar com Deus. Ou andamos humildemente com nosso Deus, ou não andamos de modo nenhum com ele!
Jesus andou no meio de homens carnais e enfrentou tremendo desafio. Como poderia ele capturar seus corações para moldá -los como os servos humildes que o Pai quer? Não foi uma tarefa fácil. Ele falava freqüentemente de humildade, e mostrava em sua vida de serviço o que significa elevar os outros acima de nós mesmos. Quem poderia exemplificar melhor a humildade voluntária do que o próprio Deus, que deixou sua habitação celestial para servir e mesmo morrer pelos homens pecadores? (Esta é a essência do apelo irresistível de Paulo em Filipenses 2:3-8).
Dois exemplos mostram claramente como Jesus ressaltava a humildade para seus apóstolos. O primeiro está em Mateus 18:1-4. Os apóstolos freqüentemente disputavam entre si sobre a grandeza. Dois deles uma vez foram tão ousados a ponto de pedir que fossem colocados acima de seus colegas no reino. Jesus respondeu à atitude deles chamando uma criança. Enquanto estes homens crescidos olhavam, Jesus começou a pregar um sermão memorável: "Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus. Portanto, aquele que se humilhar como esta criança, esse é o maior no reino dos céus" (Mateus 18:3-4).
O segundo exemplo, ainda mais tocante, é registrado em João 13:1-17. Quando se preparavam para partilhar a refeição da Páscoa, Jesus aproveitou o momento para ensinar uma lição necessária. Os apóstolos jamais esqueceriam esta noite, e Jesus não perdeu a oportunidade para ensinar. Ele tomou uma toalha e  água e foi, de discípulo em discípulo, lavando seus pés. Isto era, por costume, serviço dos servos mais humildes, mas aqui o Criador do universo estava se humilhando diante de simples galileus. Quando terminou, ele voltou-se para os apóstolos e perguntou? "Compreendeis o que vos fiz? Vós me chamais o Mestre e o Senhor e dizeis bem; porque eu o sou. Ora, se eu, sendo o Senhor e o Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns dos outros. Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também. Em verdade, em verdade vos digo que o servo não é maior do que seu senhor, nem o enviado, maior do que aquele que o enviou. Ora, se sabeis estas cousas, bem-aventurados sois se as praticardes" (João 13:12-17).
Não é de se admirar que outros homens inspirados falassem da importância da humildade. Tiago disse: "Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes. Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós... Humilhai-vos na presença do Senhor, e ele vos exaltará" (Tiago 4:6-10).

Podemos tirar algumas conclusões claras e importantes do ensinamento da Bíblia, mostrando o porquê a falta de humildade impede a salvação. Considere como o orgulho é absolutamente oposto às qualidades e comportamentos que Deus quer que demonstremos.
  • Sem humildade, não serviremos outros como deveríamos, porque aqueles que são arrogantes e egoístas querem ser servidos, e não servir.
  • Sem humildade, não seremos seguidores. Os orgulhosos querem ser chefes e cobiçam a posição e a influência de outros. Este foi o problema que Arão e Miriã tiveram em Números 12, e o mesmo pecado que custou as vidas de quase 15.000 pessoas, em Números 16.
  • Sem humildade não buscaremos realmente a verdade. O homem orgulhoso pensa que já conhece as respostas, e não quer depender de quem quer que seja, nem mesmo do próprio Deus. A arrogância também impede nosso entendimento da verdade. Se não queremos admitir a necessidade de mudança, ou não queremos aceitar o fato que alguma outra pessoa sabe mais do que nós, nosso orgulho será um bloqueio fatal para o estudo eficaz da Bíblia.
  • Sem humildade, não reconheceremos nossos próprios defeitos. Somos até capazes de enganar nossos próprios corações para não vermos nosso próprio pecado. Saul fez isto quando defendeu sua desobediência na batalha contra os amalequitas. Ele argumentou que tinha obedecido o Senhor e que o povo tinha errado (1 Samuel 15:20-21). Deus não aceitou esta desculpa esfarrapada, e não aceita a nossa.
  • Um outro problema relacionado com a arrogância é a dificuldade em aceitar a correção. Provérbios 15:31-33 mostra a conseqüência de tal orgulho: "Os ouvidos que atendem à repreensão salutar no meio dos sábios têm a sua morada. O que rejeita a disciplina menospreza a sua alma, porém o que atende à repreensão adquire entendimento. O temor do Senhor é a instrução da sabedoria, e a humildade precede a honra." Provérbios 12:1 é mais direto: "Quem ama a disciplina ama o conhecimento, mas o que aborrece a repreensão é estúpido."
  • O outro lado deste problema é que a pessoa arrogante também não perdoa o erro dos outros. O orgulho é inerentemente egoísta, e nos torna facilmente ofendidos e lentos a perdoar. Isto cria uma tremenda barreira para a salvação. Jesus ensinou claramente que a pessoa que não perdoa não será perdoada por Deus (Mateus 6:12,14-15).
A última linha é muito clara. Se não aprendemos como ser humildes, não entraremos no céu. Deus rejeita os orgulhosos e exalta os humildes (Tiago 4:6,10).

Uma vez que a humildade é obviamente essencial à nossa salvação, deveremos estar preocupados em acrescentar esta qualidade a nossas vidas. Aqui estão umas poucas sugestões simples que nos ajudarão:
ŒDevemos procurar o melhor nos outros, e buscar servir os outros como Jesus fez (Romanos 12:10; Efésios 4:2-3; Filipenses 2:3-4).
Não devemos pensar que somos importantes (Lucas 17:10). Cada um deve usar sua capacidade, porém não devemos pensar que somos melhores do que outros (Romanos 12:3-8).
Ž  Não devemos esperar que outros nos humilhem. A chave da obediência é nossa humildade voluntária (Tiago 4:10), não a humilhação forçada.
Sempre que estivermos tentados a pensar que somos grandes e importantes, devemos parar para contemplar a grandeza e a majestade de Deus. Comparados com o Criador e Sustentador do Universo, somos débeis e insignificantes. O Salmo 8, especialmente nos versículos 3, 4 e 10, nos faz descer ao nosso tamanho rapidamente!


"Humilhai-vos na presença do Senhor, e ele vos exaltará"(Tiago 4:10).
- por Dennis Allan

Fonte:http://www.estudosdabiblia.net/d53.htm




Como desenvolver a humildade

Como a arrogância impede a salvação

A verdade que o pai da mentira te ocultou

Assistam este video:
http://www.youtube.com/watch?v=7r8QvQ0ZVXc&feature=related

O que é qualidade de Vida?

Hoje temos edifícios mais altos, mas pavios mais curtos...
Temos auto-estradas mais largas, mas pontos de vista mais estreitos...
Gastamos mais, mas temos menos...
Compramos mais, mas desfrutamos menos...
Temos casas maiores e famílias menores...
Temos mais conhecimento e menos poder de julgamento...
Temos mais medicina e menos saúde...
Hoje bebemos demais, fumamos demais, gastamos de forma excessiva, rimos de menos, dirigimos rápido demais, nos irritamos facilmente...
Ficamos acordados até tarde, acordamos cansados demais...
Multiplicamos nossas posses, mas reduzimos nossos valores...
Falamos demais, amamos raramente e odiamos com freqüência...
Aprendemos a ganhar a vida, mas não vivemos essa vida...
Fazemos coisas maiores, mas não coisas melhores...
Limpamos o ar, mas poluímos a alma...
Escrevemos mais, mas aprendemos menos...
Planejamos mais, mas realizamos menos...
Aprendemos a correr contra o tempo, mas não a esperar com paciência...
Temos maiores rendimentos, mas menos padrão moral...
Temos avanços na quantidade, mas não na qualidade...
Esses são tempos de refeições rápidas e digestão lenta..
De homens altos e caráter baixo..
De lucros expressivos mas relacionamentos rasos...
Mais lazer, mas menos diversão..
Maior variedade de tipos de comida, mas menos nutrição...
São dias de viagens rápidas, fraldas descartáveis, moralidade também descartável e pílulas que fazem tudo: alegrar, aquietar, matar...
Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia Repleto De Paz.
Abraços a todos
Claudio Pacheco



Comentário:

Reproduzo a postagem acima para efeito de ilustração e reflexão do tema em questão.

O Bruno Marques em seu blog aborda este tema acima com muita propriedade, realmente se faz necessário que projetos viáveis e sustentáveis sejam implantados nas políticas publicas em nossa cidade. Estrategicamente do ponto de vista geopolítico, Santa Isabel do Pará tem todos os quesitos para se tornar uma cidade prospera e desenvolvida para que a população se sinta bem, segura e satisfeita com a qualidade de vida dentro das expectativas que atendam no mínimo as necessidades básicas e primárias.

É importante frisar aqui, que só será possível este padrão de cidade se houver uma mudança radical nas relações eleitorais entre o político endinheirado que compra o voto e o eleitor alienado que vende o seu voto. Enquanto, pois, isso não acontecer tudo é paliativo.


Leiam a postagem do Bruno:



Deus é justiça!

"Um homem dá liberalmente, e se enriquece; outro retém mais do que é justo, o se empobrece" Provérbios 11:24.

Essa Palavra de Deus refere-se diretamente às pessoas que servem ao Evangelho da água e Espírito. O Senhor nos abençoa física e espiritualmente quando nós vivemos para sua Justiça. Portanto, nós prosperamos física e espiritualmente.

Se tivermos muito trabalho para servirmos a Justiça de Deus, não teremos muito tempo para nos preocupamos com os desejos carnais mesmo que eles surjam em nosso coração, porque estaremos totalmente ocupados cumprindo nossas responsabilidades, e não teremos energia para satisfazer esses desejos carnais.
Geraldine Sheilla

sexta-feira, 16 de março de 2012

Dicas para estudantes

AS DICAS DE CADA DISCIPLINA

LÍNGUA ESTRANGEIRA/INGLÊS Nas provas de inglês há questões de gramática e de interpretação de textos. É preciso caprichar no vocabulário. Ele pode ser buscado em discos ou sites interessantes na Internet. Atenção para o emprego do gerúndio, da voz passiva dos verbos, com a correlação de tempos, com a cláusula if e com pronomes relativos e reflexivos. Segundo os professores, a question tag – pequena contração no final da frase – tem confundido muito os vestibulandos.

Fonte: http://educaterra.terra.com.br/

Leituras bíblicas para cada dia

2012
6ª-f., 16 de Março
São Paulo escreve: Se morremos com Cristo, acreditamos que também com ele viveremos.
Rom 6,4-11
Sáb., 17 de Março
O Senhor diz: «Sou eu o vosso consolador. Quem és tu para teres medo de um simples mortal?»
Is 51,12-16
Dom., 18 de Março
Deus não enviou o seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas, para que o mundo seja salvo por ele. Quem nele crê não é condenado.
Jo 3,14-21
2ª-f., 19 de Março
S. JOSÉ
O anjo do Senhor apareceu a José em sonhos e disse-lhe: «Não temas receber Maria, tua esposa, pois o que ela concebeu é obra do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho, ao qual darás o nome de Jesus, porque salvará o povo dos seus pecados.»
Mt 1,18-24
3ª-f., 20 de Março
Jesus disse: «Ninguém acende uma candeia para a colocar num lugar escondido ou debaixo do alqueire; mas coloca-a no candelabro, para que vejam a luz aqueles que entram.»
Lc 11,33-36
4ª-f., 21 de Março
Jesus Cristo deu-se a si mesmo por nós, a fim de nos libertar do pecado e fazer de nós um povo que lhe pertence.
Tit 2,11-14
5ª-f., 22 de Março
São Paulo escreve: Porque sois filhos, Deus enviou aos nossos corações o Espírito que clama: «Abbá! Pai».
Gal 4,1-7
6ª-f., 23 de Março
Jesus disse a um jovem: «Falta-te uma coisa: vende tudo o que tens, distribui o dinheiro pelos pobres e terás um tesouro no Céu. Depois vem e segue-me.»
Lc 18,18-23

Dicas para estudantes

AS
AS DICAS DE CADA DISCIPLINA
 

LÍNGUA PORTUGUESA
Os textos de interpretação abordam assuntos atuais e podem estar ligados ao tema da redação. Um aluno bem informado poderá interpretar os testes com mais facilidade. Para os testes gramaticais, que predominam nas provas, a dica é caprichar no estudo de crase, acentuação, concordância verbal e nominal, uso de pronomes relativos e o imperativo. Os verbos impessoais (haver e fazer) também merecem dedicação especial. Outra dica é o aportuguesamento de palavras estrangeiras.         


Fonte:http://educaterra.terra.com.br

Fique por dentro!

Conheça os temas da atualidade que
podem aparecer nas provas de vestibular

Engenharia genética e os transgênicos
        
Tomates que demoram para apodrecer, arroz com ferro e soja e milho resistentes a pragas e insetos. Para adaptar características de vegetais ou animais às necessidades ou aos desejos de consumo do homem, a engenharia genética consegue modificar o genótipo (patrimônio genético de um indivíduo determinado pelo somatório de genes agrupados nos cromossomos). A manipulação de genes – feita em técnicas in vitro – permite a introdução de novos genes num genótipo. Um organismo, geralmente uma bactéria, é usado como vetor a fim de transferir a informação genética do doador para uma célula receptora.
        A manipulação do DNA (ácido desoxirribonucléico, que contém os caracteres hereditários) segue a Lei de Bio-Segurança, que estabelece normas de segurança e mecanismos de fiscalização no uso das técnicas de engenharia genética.
        Prevista para 2005, a decodificação do genoma humano foi anunciada com cinco anos de antecedência e pode provocar uma revolução científica. O estudante deve ficar atento. O assunto pode ser abordado em provas de biologia.

Fonte:http://educaterra.terra.com.br/vestibular/dicas_zh.htm